Relato de viagem – Suíça

Viagem

Por: Pedro Costa Neto

Entre os países que já tive oportunidade de conhecer, a Suíça é sem dúvida o que mais bem representa o conceito de primeiro mundo.

País bastante neutro, por não participar da União Europeia e até recentemente da ONU, ela se preocupa mais com seus habitantes, infraestrutura e qualidade de vida. O governo realmente se preocupa com o seu povo.

Além de pessoas extremamente educadas, simpáticas e dispostas e te ajudar, você percebe uma infraestrutura de primeira: transporte público pontual e eficiente, cidades limpas, organizadas e seguras, ótimas opções de lazer, parques e tudo com vistas encantadoras, marcada por um relevo montanhoso e ao mesmo tempo espetacular, além de lagos de águas cristalinas.

Depois de passar por destinos turísticos mais frequentados como Inglaterra, França e Itália, ao chegar na Suíça, a primeira impressão é de mais tranquilidade e calmaria. As cidades não são entupidas de turistas como outros destinos europeus. A maior cidade do país, Zurich, possui apenas 450 mil habitantes, onde você pode passear bem mais tranquilamente.

As cidades são lindas e gostosas de conhecer. Parecem casinhas de bonecas e remetem a um estilo bastante medieval. As principais e mais visitadas são: Bern (capital), Zurich, Luzern e Geneve.

No entanto, todo esse diferencial acaba tendo um custo mais elevado. Os produtos e serviços na Suíça são mais caros que na média dos outros países europeus. Esteja mais preparado para visitar o país. Mas com certeza a visita de alguns dias vale todo o investimento.